O governo quer privatizar a Eletrobras e todas as empresas públicas que compõem o sistema elétrico nacional.
O que você acha disso?

SOU CONTRA a entrega do patrimônio brasileiro por meio da privatização.

 

SOU A FAVOR da privatização e dos consequentes aumentos na tarifa de energia.

Obrigado!
Seu voto foi armazenado com sucesso.


VER RESULTADO PARCIAL

Resultado Parcial

0

SOU CONTRA a entrega do patrimônio brasileiro por meio da privatização.

 
0

SOU A FAVOR da privatização e dos consequentes aumentos na tarifa de energia.

VOTAR NOVAMENTE
10/07/2019 03h18

Parlamentares lançam Frente em defesa de Furnas pública

Conscientes dos impactos nefastos que a privatização do setor elétrico estabelece na sociedade, eletricitários e eletricitárias de diversos estados do país participaram, na terça (9), do Lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa de Furnas, que ocorreu no Salão Nobre da Câmara dos Deputados. A Frente, que recebeu o apoio de 402 deputados e 50 senadores de praticamente todos os partidos, tem como objetivo ampliar o debate sobre a privatização da estatal no Congresso Nacional.

O Deputado Diego Andrade (PSD-MG), presidente da Frente Parlamentar, afirmou que a União não pode abrir mão do comando da estatal e lembrou que “o governo foi responsável por esse investimento”. Ele disse ainda que é preciso buscar meios que permitam maior eficiência e resultados para a empresa e destacou que “Furnas é um exemplo para o Brasil”.

Andrade recordou a venda das usinas da Cemig à iniciativa privada e destacou que atualmente o estado e a população passam por grandes dificuldades. “Tivemos na gestão passada uma baixa terrível, três usinas [da Cemig] foram cedidas aos chineses e hoje, uma empresa que era lucrativa, passando por dificuldades extremas. Não podemos permitir isso de forma nenhuma com Furnas”.

A deputada Áurea Carolina (PSOL–MG) ressaltou que “não é entregando o patrimônio público para os chineses e norte-americanos que a gente vai resolver problema de soberania nacional. Que o patrimônio brasileiro seja preservado e que Furnas possa se inserir nesse século em defesa do bem viver, dos direitos dos povos e comunidades tradicionais, das melhores condições de trabalho para os seus colaboradores”, enfatizou Carolina.

Os deputados Glauber Braga (PSOL-RJ), Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Erika Kokay (PT-DF) evidenciaram a luta que vem sendo travada no Congresso Nacional, desde 2017, em defesa do setor elétrico estatal. “Furnas faz parte de um sistema integrado. Portanto, não podemos dissociar a defesa de Furnas da defesa do Sistema Eletrobras”, ponderou Chinaglia.

No evento, que contou com a presença de centenas de trabalhadores, deputados, senadores e prefeitos, foi lançada também pela Associação dos Empregados de Furnas a Condecoração Itamar Franco, numa homenagem ao ex-presidente da República que na década de 90 teve papel decisivo na defesa da empresa. Seis prefeitos de Minas Gerais foram condecorados.

 

Fonte: www.urbanitariosdf.org.br


Notícias

Ver mais

DIVULGUE ESSA CAUSA!